As piores músicas de 2014

Se o post anterior se referia às melhores músicas que ouvi em 2014, este irá abordar os piores “êxitos” do ano, afirmando-se como músicas sem qualidade, com ritmos iguais, vozes medíocres e que acima de tudo não despertaram qualquer emoção em mim. Contudo, os gostos são relativos e acredito que alguns de vocês sejam fãs destes hits.

1- Magic – Rude

HORRÍVEL!

Não sou fã de reggae mas consigo saber quando um artista tem talento, o vocalista tem uma das piores vozes que ouvi em 21 anos de vida, parece que acabou de acordar após uma enorme ressaca e foi forçado a cantar este single. É um mistério sem resposta saber como esta porcaria fez sucesso na rádio e nos tops mundiais de música mas mantenho-me descansado porque sei sei que depois deste “sucesso” jamais iremos ouvir falar desta banda.
(Até a Rebecca Black parece ter uma voz divinal ao lado desta m*rda)


2- Nico & Vinz – Am I Wrong

IRRITANTE!

Este duo está inserido no leque de artistas que tiveram  sorte de lançar um hit que obteve um sucesso estrondoso na rádio mas que serão rapidamente esquecidos.
Tenho de admitir que gostei da música da primeira vez que a ouvi mas bastou-me ouvir novamente para entender que é um flop em termos de qualidade.


3- Jason Derulo – “Wiggle” feat. Snoop Dogg

IRRITANTE, ESTÚPIDA, VAZIA, HORRÍVEL…
Julgo que as palavras destacadas acima com caps lock servem de comentário para esta porcaria que invadiu as rádios e discotecas do nosso país.


4- Lilly Wood & The Prick and Robin Schulz – Prayer In C

Não vou centrar a minha crítica na batida simplista que é basicamente “tiim ti ti tiim ti ti tiiim”, sendo que na minha perseptiva o pior de tudo é mesmo a voz da Lilly Wood que oferece ainda mais superficialidade à música. Enfim, não me levem a mal, eu sei que muita gente adora esta música, mas para mim foi uma das piores deste ano. Imagino-a sempre como música de fundo de uma reportagem do “Fama Show” enquanto uma personalidade fútil diz com sotaque de tia “ai, esta féstâ está líínda, cheiia de génte boníta, cóm glamour…” dançando ao som da Prayer in C enquanto profere estas palavras.


5- Mr. Probz – Waves (Robin Schulz Remix)

Mas este pseudo-artista conhecido por “Robin Schulz” só produz música deprimente? Este remix é tão… Igual a qualquer outra música que se finge ser calma e relaxante. Adoro músicas deste género mas esta é tão sem “sal”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s