Como será o nosso Instagram quando formos mais velhos?

Há uns dias atrás decidi ver as minhas fotos todas no “Instagram” para refletir o quanto mudei imenso desde 2012, fiquei com uma sensação de constrangimento ao ver a minha cara ou algumas poses ridículas em determinadas fotos. Logo após isso, fui ao feed de notícias e deparei-me com uma rapariga da minha idade ou até mesmo mais velha do que eu numa pose em que se notava um enorme esforço em ser provocante, mas o resultado final ficou enfadonho. Então, uma dúvida sem resposta surgiu na minha cabeça: “Como se vão comportar os atuais jovens daqui a 40 anos no Instagram?”
Ninguém consegue advinhar o futuro, a tecnologia está em evolução constante e esta aplicação social até pode deixar de existir futuramente ou até mesmo substituída, contudo se fizermos um esforço mental, podemos prever de certa forma como serão os atuais “Instagramers” dentro de 40 anos.
Continuar a ler

American Horror Story: Disappointing Show

Tenho (ou tinha) um fascínio pela série “American Horror Story, acompanhei-a desde o seu início, antes do público geral a conhecer e devorava cada episódio. Como fã, fiquei entusiasmado quando revelaram que a season 4 iria abordar o tema “circo de horrores” e imediatamente fiz mil e uma teorias sobre a trama desta temporada só que o resultado final ficou muito aquém das minhas expetativas.
Continuar a ler

A minha breve opinião sobre os Oscars

Foram divulgados os candidatos aos Oscars deste ano, para mim, da lista revelada não há filmes que suscitassem a minha atenção ao oposto da edição anterior.
Tenho de admitir que estou chocado pela obra cinematográfica do ano, “Gone Girl”, só ter recebido a indicação ao Oscar em virtude da interpretação da Rosamund Pike, merecia pelo menos a indicação para “Melhor Filme”, “Melhor Realizador” e sobretudo para “Melhor Argumento Adaptado”.

Nota-se o tradicional patriotismo americano com as 6 nomeações de “American Sniper”, que indica ser o típico filme americano lançado no final de cada ano e que devem expressar sobre os bons valores dos EUA mas geralmente esses filmes revelam-se vazios mas têm de fazer parte da lista de nomeados de forma obrigatória . Na lista de melhor filme também temos “Birdman”, o qual não entendo a razão de todo o seu sucesso, e finalmente o mais controverso é “Boyhood” que se manifesta como o filme mais overrated da década, é uma película com uma trama básica que me  faz questionar quanto é que os produtores pagaram para receber a nomeação para a categoria de “Melhor Argumento Original”, ele no máximo devia merecer a indicação de melhor realizador somente por causa do conceito dos 12 anos de produção. Quanto aos restantes nomeados, quero assistir a todos exceto ao “Selma”.

Ah! Ainda quero descobrir como é que o “Guardians of the Galaxy” conseguiu obter a nomeação para “Melhor Maquilhagem”, a maioria das personagens assemelham-se a pessoas que foram banhadas em tinta verde, azul ou vermelha.

Lista de nomeados:

Continuar a ler

O mediatismo dos atentados em Paris

Ultimamente os meus posts no blog estão a envergar num tom mais sério e crítico, contudo criei este blog para transmitir os meus pensamentos e as minhas opiniões e é isso que vou fazer nesta publicação.
Como escrevi em posts anteriores, o terrorismo perturba-me imenso, por isso fiquei chocado com os atentados que assolaram a França assim como todos os atentados que ocorreram noutros países mas que não receberam tanto destaque pelos meios de comunicação.
Continuar a ler

Pena de morte? Sim ou Não?

Os massacres em Paris tornaram-se num dos temas que mais debati com amigos e com alguns professores nesta semana, todas as conversas que tive terminaram numa questão complicada de responder, “o que devemos fazer aos terroristas?”, algumas das pessoas com quem abordei sobre o assunto revelaram-se favoráveis à pena de morte e outras opuseram-se a esta prática porque é um método de punição muito “suave”.
Neste post, não irei expor a minha consideração relativamente aos massacres em Paris mas sim num contexto geral, por isso posso afirmar que a minha opinião sobre a pena de morte varia de contexto para contexto, não estão a entender? Vou explicar a seguir.
Continuar a ler