Quem são os Jack Ü?

Provavelmente já ouviram ou leram este nome em algum sítio, mas nunca prestaram atenção. Bem, os Jack Ü são um duo de DJs composto Diplo e por Skrillex, vencedor de 3 Grammy Awards.
Eles iniciaram o projeto em 2013 durante uma festa da “Mad Decent” mas foi durante o “Ultra Music Festival” em Miami que se apresentaram ao mundo ao surpreenderem e arrasarem com um set fantástico. Inicialmente, os Jack Ü perspetivaram ser apenas uma “brincadeira” da parte dos 2 DJs mas adquiriram tons mais sérios e profissionais devido ao sucesso e o feedback fornecido pelos fãs, críticos e pelos media, depressa começaram a produzir grandes remix’s e lançaram um single com a artista Kiesza que se tornou num hit instantâneo. Continuar a ler

5 coisas perturbadoras que deviam ser abordadas em “American Horror Story: Hotel”

Wow pessoal, estou estupefacto!
Provavelmente todos vocês sabem que sou fanático pela série “American Horror Story”, apesar de não ter gostado nada da temporada “Freak Show”. Hoje divulgaram novidades para os fãs da série, a cantora Lady Gaga anunciou através de um tweet que irá fazer parte do elenco da temporada 5, tal como anunciou o subtítulo “Hotel”.

Continuar a ler

Fifty Shades of Grey – Crítica 2

Olá a todos, o meu último post consistiu numa crítica ao “Fifty Shades of Grey”, entretanto jamais esperei que a minha apreciação ao filme fosse bastante difundida e discutida nas redes sociais. Por isso, decidi dar a oportunidade a uma grande amiga de expressar a sua opinião sobre o filme no meu blog. Apesar do blog ser na prática uma ferramenta para expressar a minha opinião e tudo o que sinto sobre alguma temática, considerei que devia dar uma oportunidade à cara Bárbara Franco de mostrar a sua opinião. Continuar a ler

Fifty Shades of Grey – Crítica

No Domingo à noite assisti ao filme que está na boca do mundo, “As 50 Sombras de Grey”. As minhas expetativas para o filme eram baixas, desde os primeiros trailers que antevia uma obra cliché, com um elenco horrível e uma realização bastante fraca, na verdade “Fifty Shades of Grey” surpreendeu-me ligeiramente em alguns aspetos e desiludiu-me ainda mais em outros. Esta crítica vai salientar-se somente no filme, porque não tenho qualquer mínima curiosidade em ler os livros.
Basicamente o argumento foca-se em Anastasia, uma jovem universitária que entrevista Christian Grey, um empresário de sucesso, eles acabam por se conhecer e envolvem-se num mundo erótico de sado-masoquismo. Confesso que o argumento é bastante básico e a temática de BDSM já foi abordada em inúmeras obras literárias e em filmes nos últimos 50 anos películas como “The Secretary” ou “Killing Me Softly” são um exemplo disso, vou esquecer esta contextualização histórica e centrar-me na crítica ao filme.

Continuar a ler

Grand Budapest Hotel – Crítica

Quando anunciaram este filme como um dos mais fortes candidatos aos “Oscars” eu ri-me e pensei “como é que esta porcaria hipster está nomeada para estes prémios?“, presumo que deva aprender a nunca julgar um livro pela capa, neste caso não devo julgar um filme pelo poster.
Basicamente e em poucas palavras, a trama centra-se sobre um rapaz ajudante de um conceituado hotel que se une ao seu superior com o intuito de reclamar uma herança e os dois acabam por se meterem em muitos sarilhos.
Não sou muito bom a resumir, mas posso dizer que o enredo é muito mais do que pensam, “Grand Budapest Hotel” é um obra diferente do habitual, com uma fotografia fantástica, uma banda sonora bela e sobretudo com personagens peculiares que são as peças fundamentais em toda a história. Todas estas qualidades são fruto de uma produção muito cuidadosa e de um elenco rico, que de forma quase mágica fazem as 2h de duração passarem rapidamente.
Continuar a ler

The Imitation Game – Crítica

Olá pessoal,
Como não tenho tempo para conferir todas as obras candidatas aos Oscars, decidi ver os filmes que considerei mais interessantes. Há algum tempo atrás escrevi a crítica a “Boyhood“, hoje venho escrever uma pequena crítica ao “The Imitation Game”.

Começo por referir que o filme conta a história verídica de Alan, um matemático, que durante a segunda guerra mundial desenvolveu uma máquina capaz de descodificar mensagens encriptadas que eram enviadas entre os Nazis, enquanto isso, o protagonista também tinha de lidar com a sua homossexualidade que era considerado crime naquela época.
Continuar a ler

Cortes de cabelo masculinos para usar em 2015

Olá pessoal,
Desta vez decidi escrever um post direcionado para o público masculino, pois os homens atuais valorizam cada vez mais o aspeto físico e a imagem que transmitem, longe vão os tempos em que o sexo masculino não se preocupava com assuntos relacionados com a beleza. Por isso, selecionei os penteados que mais gostei e que vão ser tendência em 2015.

Todos estes estilos de cabelo foram retirados de sites de moda, creio que se escolherem um não se arriscam a saírem desiludidos do cabeleireiro 😉

Continuar a ler