The Imitation Game – Crítica

Olá pessoal,
Como não tenho tempo para conferir todas as obras candidatas aos Oscars, decidi ver os filmes que considerei mais interessantes. Há algum tempo atrás escrevi a crítica a “Boyhood“, hoje venho escrever uma pequena crítica ao “The Imitation Game”.

Começo por referir que o filme conta a história verídica de Alan, um matemático, que durante a segunda guerra mundial desenvolveu uma máquina capaz de descodificar mensagens encriptadas que eram enviadas entre os Nazis, enquanto isso, o protagonista também tinha de lidar com a sua homossexualidade que era considerado crime naquela época.

Inicialmente tinha a perspetiva que ia assistir a uma biopic bélica, com algum thriller e alguma carga dramática que nos iria deixar presos até ao fim, porém tenho de admitir que “The Imitation Game” proporcionou-nos as 2h mais aborrecidas da minha vida.
Não se passa nada em todo filme!

Num nível técnico, esta obra até está bem executada mas no nível narrativo está horrível. Sou um espectador que valoriza imenso os argumentos, para mim um filme tem de ostentar uma história que me cative e que “agarre” totalmente a minha atenção, isso não acontece aqui. A trama é aborrecida, não há nada que me tenha cativado. Apesar de boas interpretações, as personagens demonstram-se básicas, a carga dramática é nula, eles exploram muito mal os dramas dos protagonistas como por exemplo a homossexualidade ou a expetativa de Joan perante Alan.
Para alguns pode ser um filme extraordinário mas para mim, que valorizo imenso o campo argumental, é um dos piores filmes que assisti. As pessoas que me conhecem sabem que adoro filmes calmos e parados desde que me cativem pelo enredo, mas é impossível encontrar algo que me cative nesta “porcaria”.

Para mim revelou-se uma desilusão e só contribui para a minha teoria que 70% dos nomeados aos Oscars são filmes pretensiosos, sem nenhum conteúdo capaz de captar a atenção e de envolver o espectador, para a mim a magia do cinema é essa.

Nota: 2,5/10
Por mim qualquer filme pode vencer o Oscar de “Melhor Filme” desde que não seja este.

Anúncios

5 thoughts on “The Imitation Game – Crítica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s