A culpa não é da vítima, é do violador

Hoje decidi abordar um assunto que é um pouco tenso. Se não sabem, podem tomar conhecimento que existem cerca de 30 casos de violação sexual por mês em Portugal… E é provável que sejam milhares por dia em todo o mundo.
Sempre que os meios de comunicação lançam uma notícia relativa a um caso de violação, as opiniões dividem-se habitualmente em 2 partes:
-As que culpam o agressor;
-As que culpam o agressor e a vítima;

Sinceramente, a última opinião faz-me perder a pouca fé que tenho na humanidade! Preciso que alguém me explique como é que a vítima de uma violação pode ser considerada culpada.

Há algum tempo atrás, surgiu uma notícia sobre uma menor de 12 anos que foi violada após uma noite numa discoteca, este é um caso atribulado, a culpa da violação continua a ser unicamente do violador, contudo, existem elementos externos que não tiveram culpa da violação mas que se podem provar como sinais de negligência e isso é preocupante. Posso exemplificar o desleixo de uma mãe que deixou a uma criança de 12 anos sair para uma discoteca, sabendo que esses locais são perigosos; os funcionários do estabelecimento por não pedirem cartão de cidadão à vítima ou até pode ser provável que a tenham deixado entrar mesmo sabendo da sua idade precoce; também menciono sobretudo a estupidez das amigas que decidiram abandonar a vítima debilitada e continuarem a divertir-se. Estes fatores não contribuíram para o acontecimento, mas como aludi numas das linhas anteriores, provam uma extrema negligência.

Frase de um predador sexual à sua vítima

O facto de uma rapariga sair à noite, bem maquilhada, com roupas curtas e decote não consiste em nenhuma justificação para ser violada. Num modo universal, as mulheres têm cuidado com a sua imagem com o intuito de se agradarem a elas próprias, às amigas, aos homens ou de simplesmente se sentirem bonitas. Em nenhum caso elas colocam algum cartaz na testa a pedir “violem-me, por favor“.
Para mim, é de extrema ignorância que após uma notícia sobre um acto de violação, surjam comentários do género: “ela colocou-se a jeito“, “epá, com aquele vestido curto estava mesmo a pedir para ser violada“.
Se formos detentores de alguma racionalidade, podemos entender que a culpa é sempre do violador, as roupas não contribuem em nada para o incidente, uma mulher até pode ser menos bonita do que o normal ou estar completamente vestida da cabeça até aos pés, basta estar no local errado, à hora errada e acompanhada pela pessoa errada, para possuir probabilidades de ser violada na mesma, porque como tenho dito, a culpa é sempre do violador.

Estou a referir-me ao termo “vítima” no sexo feminino, mas passo a informar que violação é um acto que também vitimiza homens, entretanto, as vítimas são na maioria mulheres.
É provável que a maioria das violações em faixas etárias até aos 25 anos aconteçam essencialmente em locais de diversão noturna, eu não vejo grandes problemas nestes espaços, até porque os costumo frequentar e divertir-me imenso neles, mas é lógico que devemos ter cuidado com algumas pessoas e situações de risco, é fácil colocarem droga nas bebidas ou levarem para um espaço onde não possam ser vistos. Contudo, também defendo que ninguém deve culpar o local onde a violação pode acontecer.
Tenho tentado transparecer a minha opinião atinente a este assunto neste post, porém tenho de revelar que apesar de ter nascido orgulhosamente homem, em algumas ocasiões sinto vergonha alheia de alguns aspetos que me apercebo. Acreditem, por vezes, o “príncipe lindo, sensível e perfeito” é capaz de ser um “imbecil porco, duro e repugnante“. Conheço muitos homens que saem à noite não para se divertirem mas simplesmente para “irem à caça de gajas“, e tornam-se capazes de cometerem qualquer atrocidade se não conseguirem aquilo que idealizaram.
Atenção que não estou a condenar quem sai à noite para o engate, dado que é algo normal, encontro-me a criticar sobretudo aqueles que vão para o engate e não desistem de conseguir o que querem, mesmo que isso vá contra a liberdade da outra pessoa.

Sou a favor da ideologia em que se deve pagar algo com a mesma moeda, por isso fico feliz se os violadores receberem o mesmo tratamento na prisão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s